Nosso Artigo

Necessidade e desejo: qual é a diferença no marketing digital?

Necessidade e desejo: qual é a diferença no marketing digital?

Compreender as diferenças entre os conceitos de necessidade e desejo vai garantir muito mais eficiência às suas estratégias de marketing digital

Quem de nós nunca se convenceu de que necessidade e desejo eram conceitos desnecessários só para podermos comprar algo que não precisávamos sem nos sentirmos culpados?

A premissa é simples: você precisa de água, mas a sua sede é de uma Coca-Cola bem gelada, e você se convence de que o seu desejo é capaz de sanar a sua necessidade quando, na realidade, essa é só uma ilusão criada pelo mercado para você consumir mais daquilo que, de fato, ele quer que você consuma.

De smartphones a roupas e de computadores a carros, o ser humano tem a cada dia mais deixado de lado a sua natureza para satisfazer vontades criadas e alimentadas por uma indústria capaz de gerar a carência de absolutamente qualquer produto ou serviço: o marketing digital.

Quer entender melhor? Então vem com a gente!

Necessidades e desejos: a carência do que não é essencial

O investimento de uma empresa nas ações de marketing deve passar necessariamente pelo entendimento do seu potencial público consumidor e, para isso, é necessário compreender suas vontades, metas, motivações, preferências e tudo aquilo o que pode gerar valor agregado de acordo com cada perfil.

Segundo Kotler e Armstrong:

“Necessidades humanas são situações de privação percebida. Elas incluem necessidades físicas básicas de comida, roupa, abrigo e segurança; necessidades sociais, de pertencer a um grupo e de afeto; e necessidades individuais de conhecimento e autoexpressão. Os profissionais de marketing não criam necessidades, elas são elementos básicos da condição humana.” (KOTLER e ARMSTRONG, 2015, p. 5).

“Desejos são a forma que as necessidades humanas assumem quando são moldadas pela cultura e pela personalidade individual. (…) Os desejos são moldados por uma sociedade e descritos em termos de objetos que satisfarão necessidades. Quando apoiados pelo poder de compra, os desejos tornam-se demandas.” (KOTLER e ARMSTRONG, 2015, p. 5).

Portanto, de maneira resumida, necessidade é aquilo intrínseco à vivência do ser humano, algo que não pode ser criado e que, dessa maneira, é indispensável. Já o desejo, é algo que pode ser manipulado não apenas por ações de marketing mas, também, moldado pela cultura e a própria personalidade do consumidor.

Simples de compreender, não?!

E então, está pronto para explorar as necessidades do seu consumidor e estimular nele desejos que ele jamais pensaria em ter? Venha falar com a gente! Nós podemos te ajudar a fazer o público amar tudo o que você tiver a oferecer!

Basta clicar agora mesmo no botão verde que aparece no canto inferior direito da sua tela.

Seu público te espera!

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on whatsapp

Posts Recentes:

Recomendado só para você!
As vantagens do marketing digital vão agregar grandes resultados financeiros…
Abrir Chat
Olá, gostaria de falar com a gente, sem compromisso, sobre a estratégia ideal para o seu negócio?