Skip to content
Glossário

O que é: Efeito Zeigarnik

O efeito Zeigarnik é um fenômeno psicológico estudado pela primeira vez pela psicóloga russa Bluma Zeigarnik em 1927. Ele se refere à tendência das pessoas de lembrar mais facilmente de tarefas incompletas do que de tarefas concluídas. Esse efeito tem sido amplamente estudado e aplicado em diversas áreas, como psicologia, marketing e educação. Neste artigo, vamos explorar teoricamente o que é o efeito Zeigarnik e discutir suas principais aplicações práticas em estudos de comportamento.

O que é o Efeito Zeigarnik: uma análise teórica

O efeito Zeigarnik é baseado na observação de que as pessoas tendem a lembrar e se envolver mais com tarefas que foram interrompidas ou deixadas incompletas. Bluma Zeigarnik notou que os garçons em um restaurante conseguiam lembrar facilmente dos pedidos dos clientes enquanto eles ainda estavam sendo atendidos, mas tinham dificuldade em recordar os pedidos após serem concluídos. A partir dessa observação, ela concluiu que as tarefas inacabadas criam uma tensão mental que leva à retenção de informações relacionadas a elas.

A teoria por trás do efeito Zeigarnik é que o cérebro humano tende a ficar mais atento e focado em tarefas inacabadas, pois elas representam uma necessidade de conclusão. Essa tensão mental resultante das tarefas incompletas mantém a informação relacionada ativa na memória de trabalho, tornando-a mais facilmente acessível. Por outro lado, quando uma tarefa é concluída, a tensão é liberada e a informação é armazenada de forma menos acessível na memória de longo prazo.

Principais aplicações práticas do Efeito Zeigarnik em estudos de comportamento

O efeito Zeigarnik tem uma série de aplicações práticas em estudos de comportamento. Uma das principais áreas em que esse efeito é explorado é no marketing. Ao criar campanhas publicitárias ou estratégias de vendas, os profissionais de marketing podem utilizar o efeito Zeigarnik para aumentar o envolvimento e a retenção de informações pelos consumidores. Por exemplo, ao apresentar informações parciais sobre um produto ou serviço, despertando a curiosidade do consumidor, é possível criar uma sensação de tarefa inacabada, aumentando a probabilidade de que ele se lembre e se envolva com a marca.

Outra aplicação prática do efeito Zeigarnik é na educação. Os professores podem utilizar esse efeito para melhorar a aprendizagem dos alunos. Ao dividir o conteúdo em tarefas menores e fornecer feedback constante, os alunos ficam mais engajados e motivados a concluir as tarefas. Além disso, ao deixar algumas questões em aberto para serem resolvidas posteriormente, os alunos são incentivados a buscar a conclusão, o que pode levar a uma melhor retenção do conhecimento.

O efeito Zeigarnik é um fenômeno psicológico fascinante que demonstra como o cérebro humano é influenciado pela necessidade de concluir tarefas. Sua compreensão teórica e suas aplicações práticas têm contribuído para o avanço de diversas áreas, como psicologia, marketing e educação. Ao utilizar o efeito Zeigarnik de forma estratégica, é possível criar experiências mais envolventes, aumentar a retenção de informações e melhorar o desempenho em diferentes contextos. Portanto, é fundamental que profissionais dessas áreas estejam cientes do efeito Zeigarnik e de suas potenciais aplicações no estudo do comportamento humano.

Conte com a Sagy Marketing! Se precisar falar agora mesmo com um especialista, basta clicar no botão redondo e verde ao lado, nós estamos esperando por você.

Estamos aqui para te ajudar no que for necessário!

ENTRE EM CONTATO!

Classifique nosso glossario

Precisa de um HELP?

Você está a um passo do sucesso instantâneo da sua empresa.
Ligue no (11) 98860-9134 ou solicite uma proposta via e-mail.

Recomendado para você
O Desconto em Folha de Pagamento: Uma Análise Técnica