Skip to content

Como criar perfil no LinkedIn: Tudo o que uma empresa precisa

Como Criar Perfil No Linkedin Tudo O Que Uma Empresa Precisa

Infelizmente ainda há empresas que acreditam que criar um perfil no Linkedin não é tão proveitoso para os negócios.

Em vez disso, acreditam que ter um perfil profissional nas redes sociais que geram maior entretenimento, tais como o Instagram e Twitter, já é o suficiente para gerar uma imagem de comprometimento para sua atuação ou mesmo alcançar seu público-alvo.

No entanto, quando se trata de um local dentro da web que possua um caráter mais sério, portanto, é o LinkedIn a rede social com maior potencial para causar uma impressão comprometida para a empresa, bem como com a chance de alcançar de forma diferenciada o seu público-alvo.

Nesse sentido, compreender um pouco mais sobre o que o LinkedIn tem para oferecer às empresas dentro de seus respectivos nichos de atuação, além de sua persona e àqueles que compõem a parte corporativa humana, é de suma relevância. 

Pensando nisso, neste artigo separamos elementos essenciais para você criar um perfil no Linkedin para sua empresa e ter maior destaque no mercado. Confira a seguir.

O que um perfil de negócios no Linkedin precisa ter?

Além de toda lógica por trás do funcionamento técnico de uma rede social, não se pode esquecer que ela está voltada a um público geral, ao menos esta é a regra. 

Assim, para que uma empresa comece a se destacar apenas para quem é interessante para o seu negócio, antes é preciso estruturar seu perfil de modo a ter as melhores práticas que chamem a atenção de um público segmentado.

Por isso, para começar pelo caminho certo e transformar o seu perfil no LinkedIn em um ímã de oportunidades para novos negócios é importante ter estratégia.

E assim, também contribuindo para a manutenção ou melhora do que já foi construído até o momento. Portanto, é preciso considerar alguns elementos básicos para  ter um perfil no Linkedin de sucesso.

1. Publicação de conteúdos relevantes

A criação de conteúdos relevantes no universo virtual pode ser compreendido também como uma espécie de produto que é disponibilizado gratuitamente para a persona de uma empresa. 

Em termos mais simples, o conteúdo, quando relevante, demonstra tanto a boa intenção da empresa em promover solução para uma dor que público possui quanto é importante para receber feedback a fim de ir aperfeiçoando a prestação de serviços e os produtos.

Outro ponto relevante na criação de conteúdo para a persona é não se prender a um mesmo formato, isto é, a textos corridos, o que comumente as empresas fazem. 

Dessa forma, busque ser uma exceção a regra, disponibilize aulas, vídeos institucionais ou de campanhas específicas, tudo possível por meio do LinkedIn.

2. Técnicas SEO para LinkedIn

Por sua vez, utilizar técnicas de SEO para LinkedIn deve ser um dos primeiros passos a serem tomados no decorrer do uso desta rede social. 

O SEO nada mais é do que um conjunto de técnicas utilizadas, normalmente em blogs, para que um site fique em primeiro lugar em motores de busca como o Google ou Bing.

No link que disponibilizamos há as melhores práticas de SEO para LinkedIn. Mas, desde já podemos afirmar que o funcionamento do SEO nesta rede social é bastante semelhante ao que acontece nos artigos de Blog. 

Por exemplo, o uso de palavras-chave que segmentam o seu público de tal forma que somente aqueles interessados encontram sua empresa. Para selecionar as melhores palavras-chave, use a ferramenta do Ubersuggest. 

Outra dica de SEO para LinkedIn é otimizar a URL com o nome da sua empresa, isto irá auxiliar aos mecanismos de busca a encontrarem mais facilmente a empresa. 

Todas estas práticas e outras influenciam diretamente o Google a apresentar certa empresa na primeira página de pesquisa para milhares de pessoas.

3. Análise de métricas da rede social

Do mesmo modo que outras redes sociais, o LinkedIn também possui a ferramenta analytic que serve como suporte para a otimização da gestão do perfil empresarial do seu negócio. 

De maneira ainda mais simplificada, é por meio da ferramenta analytic que será possível compreender todo o desempenho da página e, em consequência, aperfeiçoar os esforços investidos no perfil.

As principais métricas que devem estar sob análise constante são as seguintes: 

  1. Conquista de seguidores;
  2. Informações sobre o público;
  3. Tráfego;
  4. Seguidores;
  5. Atualizações;
  6. Destaques das atualizações;
  7. Visitantes;
  8. Empresas que devem ser acompanhadas;
  9. Impressões;
  10. Melhor momento para publicar bons conteúdos;
  11. Quais postagem são passíveis de patrocínio;
  12. Tendências de longo prazo;
  13. Taxa de engajamento.

Lembre-se, não é apenas a publicação de conteúdos de qualidade e a execução de boas práticas de SEO, mas também a análise prática do desenvolvimento do seu perfil empresarial que irá gerar mais resultados para seu negócio.

4. Uso de ferramentas de gerenciamento

O uso de ferramentas que auxiliam no gerenciamento de perfis no Linkedin, bem como das demais redes sociais, favorece muito os resultados positivos.

Tendo em mente que as redes sociais são a ponte entre a presença virtual de uma marca e sua persona, o seu perfeito gerenciamento deve ser a prioridade de uma empresa, principalmente de início.

Por esta perspectiva, há algumas ferramentas de gerenciamento que podem fazer toda a diferença na hora de gerir, analisar, criar e, por fim, publicar os conteúdos no perfil. 

O gerenciamento de perfil jamais deve ser deixado sob a responsabilidade de um profissional de baixa qualidade, afinal, o perfil reflete a imagem da empresa. 

Salientado estes pontos, as 3 principais ferramentas de gerenciamento do LinkedIn são as seguintes:

  1. Discoverly – Ideal para quem está em fase de análise de potenciais novos talentos, visto ser capaz de ampliar o leque de informações sobre uma pessoa ao dar acesso aos dados de diversas redes sociais do indivíduo;
  2. Guru – Possibilita que o time de vendas de uma empresa otimize todo seu tempo, assim, gerenciando não só o negócio em si, mas também aumentando a performance do setor mais importante, isto é, a área de vendas;
  3. LinkedIn Sales Navigator – Oferecido pelo próprio LinkedIn, a ferramenta promove maior contato entre compradores e vendedores por meio de alguns recursos, tal como possibilitar o encontro com quem tem mais a ver com o serviço ou produto oferecido, entre outros.

Com isso em mente, conquistar o sucesso corporativo humano em uma empresa torna-se uma realidade perfeitamente acessível para qualquer empresa e/ou segmento.

Como usar o perfil do LinkedIn para o sucesso corporativo humano?

Quando se pensa em criar um perfil no Linkedin, é importante que a empresa reflita também sobre a sua reputação perante os seus stakeholders. 

Haja vista que este é um canal aberto que poderá receber elogios, mas também críticas. Portanto, manter uma conduta ética e responsável é fundamental para os negócios.

Afinal, se preocupar apenas com o desempenho empresarial no sentido mais voltado aos maquinários, investimentos e estrutura de uma empresa não é o suficiente.

Mas, aliado a isso, o fator humano também é muito relevante para um negócio alcançar sucesso. Sendo os seus colaboradores de suma importância para a engrenagem funcionar. 

Portanto, é necessário poder contar com funcionários que se mantenham interligados com os valores da empresa.

Dessa forma, o capital humano da sua empresa se torna um embaixador da sua marca, uma vez que se sintam tão valorizados quanto valorizam suas respectivas funções no ambiente da empresa.

Por isso, veja a seguir algumas ações empresariais que poderão criar um cenário favorável para os negócios. 

1. Impulsione o engajamento da sua equipe

Fazer com que os talentos de uma empresa se mantenham engajados, ou seja, unidos ao real propósito da corporação é relevante demais. 

Visto que, ligados a um propósito, logo este deixa de ser unicamente da empresa e todos os esforços começam a ser compartilhados de forma igual. 

A ausência de engajamento faz com que os funcionários prefiram ir trabalhar para os concorrentes e isto pode fazer com que a empresa perca alguém de alto valor e de difícil substituição. 

De acordo com o LinkedIn Learning, cerca de 94% dos talentos afirmam que permaneceriam em uma empresa caso ela investisse mais em seu aprendizado e desenvolvimento.

Portanto, sendo estes fatores importantes para o engajamento dos funcionários. Por isso, não despreze o impulso dado ao envolvimento dos funcionários.

2. Realize programas de aprendizagem

Por seu turno, partindo do ponto referente ao aprendizado dos talentos de uma empresa, o meio digital se modifica bastante e em todos os aspectos, isto é fato. 

Neste contexto, utilizar o ambiente virtual para promover programas de aprendizagem em larga escala e voltados aos funcionários é inevitável.

Assim, convertendo o investimento em muitos benefícios para a empresa, como por exemplo:

  • Facilidade na divulgação e instalação do programa;
  • Alcance dos conhecimentos pelos quais os próprios talentos demandam e, portanto, sendo melhor aproveitados;
  • Otimização do orçamento e dimensão da aprendizagem dos colaboradores.

Conforme o LinkedIn Learning, de 2012 a 2022 a porcentagem das empresas onde os programas de aprendizagem são relevantes e predominam saiu de 8% para 50%, respectivamente. 

Com isso, fazendo com que haja maior retenção de funcionários que realmente geram valor às empresas.

3. Auxilie no desenvolvimento de competências importantes

Seguindo nessa mesma linha de raciocínio, uma vez compreendido os pontos consideráveis citados acima, também é igualmente indispensável desenvolver as competências importantes dos seus talentos.

Uma vez que, dificilmente os colaboradores irão possuir todas as qualidades e habilidades imprescindíveis para realizar os mais variados trabalhos em uma empresa. 

Bem como, outro cenário um tanto quanto comum é a promoção de pessoas que permanecem com o rol de competências ainda incompleto.

Diante disso, gerar o engajamento dos funcionários por meio do desenvolvimento de habilidades importantes à empresa é uma necessidade imperativa.

Ainda mais quando analisamos os dados fornecidos pelo Fórum Econômico Mundial, onde diz que cerca de um terço das principais capacidades de trabalho serão modificadas nos 5 anos seguintes.

Desse modo, conciliar o crescimento da empresa e sua expansão com a atualização de conhecimentos de quem compõe o seu quadro de talentos é bastante decisivo.

Tendo em vista que para um negócio se manter saudável e com raízes profundas suficientes para conseguir suportar todo o desenvolvimento corporativo.

Passo a passo para criar um perfil empresarial no LinkedIn

Finalmente, dado os insights anteriores, agora já é possível criar um perfil no Linkedin que realmente vai gerar valor para o seu negócio. 

Sendo o passo a passo para criar um perfil empresarial no LinkedIn bem fácil e simples, entretanto conhecer a fundo a rede social e suas ferramentas é necessário.

Uma vez que isso pode ser o diferencial para uma empresa se destacar das suas concorrentes. 

Portanto, veja o passo a passo para criar um perfil no Linkedin de sucesso. Para isso, é importante criar a conta pessoal da empresa e fazer os seguintes procedimentos:

  1. Primeiramente, na parte superior à sua direita, clique em soluções;
  2. Em seguida, selecione a opção crie uma company page;
  3. Escolha o tipo de página (Empresa, Showcase ou Instituição de ensino);
  4. Adicione informações essenciais sobre a empresa e detalhes quanto ao perfil;
  5. Depois disso, conforme o próprio LinkedIn “Marque a caixa de verificação para confirmar que você tem o direito de agir em nome da empresa”;
  6. Selecione a opções de criar page;
  7. Por fim, clique em comece a criar sua página, isto irá concluir todo o processo.

É importante que você saiba que ao clicar na opção de criar page é possível que receba uma mensagem de erro em vermelho e, caso isso aconteça, acesse o link das dicas de resolução de problemas da plataforma do Linkedin.

Conclusão

Por fim, tomando nota dessas dicas você conseguirá criar um perfil no Linkedin para ajudar a sua empresa a ter maior notoriedade no mercado.

Já que, durante todo o artigo foram dispostas informações valiosas a respeito de uma das maiores redes sociais da web, principalmente quando o assunto é se destacar como empresa, isto é, o LinkedIn. 

Por essa perspectiva, além de já ser possível criar o seu perfil empresarial, a sua empresa também poderá tomar as melhores decisões frente ao correto gerenciamento da sua nova rede social. 

Pois agora você já sabe como usar a ferramenta LinkedIn para ter mais sucesso, também na área corporativa humana.

Tendo em vista que isso vai favorecer o impulsionamento da equipe, gerando maior engajamento e auxiliando no desenvolvimento das competências pessoais deste grupo.

Enfim, desejamos boa sorte com o seu perfil no Linkedin, e esperamos que ele traga mais resultados favoráveis para o crescimento da sua empresa.

E para conferir outros conteúdos de marketing digital como este, basta acessar o blog da Sagy Marketing Digital

Lá, você poderá ficar ainda mais atualizado sobre as melhores práticas de marketing na internet, seja você pessoa física ou jurídica. 

Não deixe de conferir nossos conteúdos, feitos exclusivamente para te ajudar a ir ainda mais longe. Conte com a gente!

Classifique nosso post

This Post Has 0 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Precisa de um HELP?

Você está a um passo do sucesso instantâneo da sua empresa.
Ligue no (11) 98860-9134 ou solicite uma proposta via e-mail.

Recomendado para você
Criar landing page exige alguns cuidados essenciais para ter os…